Palestra sobre Qualidade do Ar na ASBRAV

Palestra sobre Qualidade do Ar na ASBRAV

O Programa Qualificar foi lançado no início de 2017, em celebração aos 22 anos da ASBRAV, o Qualificar reforça a atuação da entidade na busca pelo aprimoramento técnico dentro do setor refrigerista. Os cursos promovidos pela Associação formam, anualmente, mais de 200 alunos. O Qualificar conta com o patrocínio das empresas Acel Limpeza de Dutos e Coifas, Aeris Qualidade do Ar, Daikin Brasil, Conforlab, JCI-Hitachi e Sicflux Brasil.

 

Qualidade do ar interior

 

A solenidade de formatura teve, também, palestra do diretor técnico da Aeris Qualidade do Ar, empresa patrocinadora do Programa Qualificar, Mario Henrique Canale. Ele destacou a importância das pessoas preocuparam-se, cada vez mais, com qualidade do ar interior, uma vez que 80% do dia da maioria dos seres humanos é passado em ambientes fechados. 

De acordo com Mario Canale, existe, atualmente um aumento de problemas relacionados com a qualidade do ar interior.

 

- Cada vez se passa mais tempo em ambientes fechados, onde a concentração de alguns poluentes é maior do que em espaços abertos. Edifícios selados e com ventilação reduzida reduzem a qualidade do ar interior respirado. Some-se a isso o aumento de produtos químicos poluentes nos materiais empregados nas edificações e as rotinas de manutenção deficientes e temos um cenário propício para a propagação de sintomas que afetam de forma negativa as pessoas - ressaltou o diretor técnico da Aeris.

 

Segundo o especialista, são sintomas comuns relacionados a baixa qualidade do ar interior a irritação de olhos, gargante e nariz; dores de cabeça; cansaço; alergias respiratórias; tosses e espirros; congestão nasal; tontura e dificuldade de concentração.

 

Quando mais de 20% da população apresentarem estes sintomas de forma persistente, por mais de duas semanas, no ambiente climatizado, ocorre o que se denomina "Síndrome dos Edifícios Doentes". Ou seja, a pessoa convive com estes efeitos enquanto está dentro da edificação, mas ao sair do local eles desaparecem.

 

fonte: http://playpress.pressroom.com.br/313918e482